EUA: Macy’s eliminará até 10 mil empregos


A rede de lojas de departamentos americana Macy’s anunciou nesta quarta-feira que suprimirá até 10 mil empregos nos Estados Unidos como parte de seu plano de reestruturação. Até o final de 2017, a rede pretende fechar 68 das 100 lojas que serão eliminadas diante da queda nas vendas e da crescente concorrência do comércio on-line, destaca o comunicado.

Com o fechamento das lojas serão eliminados diretamente 3.900 empregos, mas outras medidas de racionalização, que incluem reestruturação operacional, suprimirão outros 6.200 cargos. “Fechamos os estabelecimentos que já não são produtivos ou que não representem pontos de venda sólidos, devido às mudanças no panorama das vendas no varejo”, disse Terry Lundgren, presidente da Macy’s, que também comunicou a abertura de quatro lojas.

As medidas anunciadas deverão gerar uma economia de 550 milhões de dólares a partir de 2017, dos quais 250 milhões serão investidos no desenvolvimento das vendas on-line. O grupo informou ainda que incluirá em seus gastos do quarto trimestre de 2016 custos de reestruturação totalizando 250 milhões de dólares, principalmente para cobrir as indenizações aos funcionários.

O fechamento das lojas pode ter um impacto nas vendas do grupo em 2017 da ordem de 575 milhões de dólares, precisa o comunicado.

Comentário do lojista:

O maior concorrente do comércio é a internet. Para que os shoppings sobrevivam, é necessário repensar as antigas políticas comerciais. A discussão sobre o equilíbrio dos custos nestes novos tempos, agravados pela nossa crise brasileira e a situação de calamidade financeira do RS, deve ser intensificada. Não em posição de confronto, mas de negociação de uma readequação à nova realidade.

Fonte: Revista VEJA.

Posts Em Destaque
Posts Recentes